Nosso propósito é
transformar vidas
pelo conhecimento

Como um empresário cristão se destaca no mercado?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Há alguns dias, alguém postou uma frase que dizia assim: “Empresas são compostas por pessoas, os clientes são pessoas; portanto, se você não entende de pessoas, você não pode gerir um negócio”. Essa frase chama atenção e leva a algumas reflexões sobre o comportamento dos empresários no trato dos seus funcionários e clientes.

No Brasil, há muita desigualdade social e, em muitos momentos, aqueles que se encontram em melhor situação desprezam os menos favorecidos. Todos nós, no entanto, fomos feitos à imagem e semelhança de Deus e devemos tratar todas as pessoas com respeito, consideração e amor, independentemente de sua classe social.

O empresário cristão

Mesmo nos negócios, onde a arrogância e o preconceito, muitas vezes, ganham espaço, podemos encontrar empresários e empreendedores que se sobressaem por serem verdadeiros cristãos tementes a Deus.

O empresário temente a Deus é aquele que reconhece que tudo o que tem foi dado pelo Pai. Ele administra sua empresa de acordo com os princípios cristãos de amor para com o próximo e não tem o lucro como principal objetivo de vida.

Quando um homem e uma mulher de negócios são cristãos, eles se destacam em seu relacionamento com seus funcionários e com o mercado em geral. Eles fazem seu planejamento baseados em seus valores e nos princípios bíblicos, e estão sempre em total dependência de Deus, orando a Ele e pedindo-lhe que ilumine seus passos e decisões, a fim de que toda decisão que tomarem em seus empreendimentos seja para o bem comum, e não apenas para seu próprio bem.

Dicas para ser um modelo como empresário

  • Ser um empresário com o propósito de agradar a Deus e de ajudar pessoas a crescerem;
  • Orar e pedir sabedoria a Deus para tomadas de decisão e planos futuros;
  • Não colocar o lucro como principal objetivo de seus negócios e empreendimentos;
  • Tratar como iguais todos os seus funcionários e reconhecê-los como pessoas amadas por Deus e que estão junto com você em seu empreendimento;
  • Ter ética em toda negociação com clientes, fornecedores e funcionários;
  • Ser exemplo e testemunho dos ensinamentos de Jesus Cristo;
  • Dar importância aos relacionamentos, às pessoas, e não ao dinheiro;
  • Valorizar treinamentos nos quais os relacionamentos são valorizados;
  • Buscar engajamento dos parceiros e funcionários por meio dos relacionamentos saudáveis;
  • Nunca perder a fé em momentos difíceis e não se afastar de Deus, em hipótese alguma.
O poder do relacionamento

Este livro é lançamento na Editora central Gospel e ele foca nos fundamentos para se ter um bom relacionamento no âmbito empresarial. Os princípios estabelecidos nestas páginas fornecerão aos líderes um alimento útil para guiá-los em direção a relacionamentos mais saudáveis.

O apóstolo Paulo disse a Timóteo: “Pois o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males. E algumas pessoas, por quererem tanto ter dinheiro, se desviaram da fé e encheram a sua vida de sofrimentos” (1 Tm 6:10). Então, evite o amor ao dinheiro e os sofrimentos. Prospere com inteligência e sabedoria. Realize seus negócios com alegria e temor a Deus; dessa maneira, você certamente se destacará no meio empresarial!

Escrito por:

Fique por dentro dos conteúdos e novidades. Cadastre-se para receber notícias exclusivas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Compartilhe esse post com seus amigos

Copyright © 2020 Central Gospel Editora. Todos os direitos reservados