Nosso propósito é
transformar vidas
pelo conhecimento

A importância do momento devocional com a Palavra de Deus.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Os hábitos são responsáveis por 40%, quase metade, das atitudes que tomamos diariamente. Há um estudo da Universidade Duke, cujo artigo intitula-se Habits – A repeat performance (Hábitos – Um desempenho repetido), que mostra isso.

Se esses hábitos forem positivos, melhor para nós; mas, se forem ruins, no sentido de conduzirem nossa vida à falta de produtividade e de propósito, eles estarão tomando espaço de quase metade dos nossos dias e precisarão, portanto, ser removidos da nossa rotina.

Para o seguidor e discípulo de Jesus Cristo, não existe melhor hábito do que o de separar um momento devocional para ler a Palavra de Deus e ficar a sós com o Pai. Se alguém preencher as primeiras horas do seu dia com a leitura da Bíblia e fizer disso um hábito, notará a importância que o devocional tem para a sua saúde espiritual e para seu crescimento e desenvolvimento como cristão.

Mas, qual seria a importância de separar um momento devocional com a Palavra de Deus?

Para responder a essa pergunta, é interessante destacar um exemplo bíblico que servirá de inspiração e de modelo.

O salmista que fazia seu devocional antes de o sol nascer

Isso mesmo! Bem antes dessa tendência de líderes e coaches ensinarem a importância de acordar cedo, a fim de aumentar a produtividade, construir uma rotina e aproveitar melhor o dia, o salmista já dizia o seguinte: “Antes do nascer do sol, eu clamo pedindo ajuda, pois a minha esperança está na tua promessa. Eu fico acordado a noite inteira para meditar na tua palavra” (Salmo 119.147,148).

O salmo 119, o mais longo da Bíblia, fala sobre a retidão dos mandamentos do Senhor e sobre a beleza da Palavra de Deus. Dentre os benefícios de se meditar nela, podem ser listados:

  • conservar a pureza (v. 9);
  • não pecar contra Deus (v. 11);
  • ter prazer e receber conselho (v. 24);
  • receber força (v. 25);
  • vencer a tristeza (v. 28);
  • evitar a vergonha do fracasso (v. 31);
  • livrar da vaidade (v. 37);
  • saber o que responder (v. 42);
  • viver em liberdade (v. 45);
  • receber consolo (v. 76);
  • ser reto de coração (v. 80);
  • ter alegria (v. 92);
  • alcançar entendimento (v. 104);
  • iluminar o caminho (v. 105);
  • não ser envergonhado (v. 116);
  • receber entendimento (v. 130);
  • encontrar socorro (v. 173);
  • ter ajuda (v. 175);
  • e ser encontrado pelo bom Pastor (v. 176).

Todas essas coisas estão disponíveis para os que amam as Escrituras e para os que buscam o Reino de Deus em primeiro lugar. Nada é mais importante para o cristão do que o Reino de Deus, por isso Jesus ordenou: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas” (Mateus 6.33). O Reino de Deus deve ser a prioridade do cristão neste mundo, e isso significa cumprir a vontade do Pai expressa em Sua Palavra e glorificá-lo com os pensamentos, as palavras e as atitudes.

Logo, separar um momento devocional com a Palavra de Deus é importante porque, dessa maneira, começamos nosso dia colocando o Reino de Deus em primeiro lugar, não nos deixando levar pela soberba da vida e pelos desejos da carne (1 João 2:15-17), mas sendo gratos a Deus por mais um dia para adorá-lo.

Para terminar, deixamos aqui três dicas de livros para ajudar você no seu momento devocional: 10 Semanas para se tornar uma mulher poderosa nas mãos de Deus, de Donna Partow; Mulher, viva abundantemente, de Lenya Heitzig e Penny Rose; e a Bíblia de Estudo Preparando Casais para a Vida.

Comece esse bom hábito na sua vida. Faça seu devocional por 21 dias seguidos e veja os resultados positivos! Depois, volte aqui e comente sobre o crescimento pessoal que alcançou com essa nova prática em sua rotina. Que Deus o abençoe!

Escrito por:

Fique por dentro dos conteúdos e novidades. Cadastre-se para receber notícias exclusivas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Compartilhe esse post com seus amigos

Copyright © 2020 Central Gospel Editora. Todos os direitos reservados